segunda-feira, 31 de março de 2008

Golo de antologia: Rui Cosssttttaaaaaaaaaaa

Golo que fica na memória dos benfiquistas.
Um hino ao futebol

GRANDE E ENORME RUI COSTAAAAAAAAA

Miudo Alemão Treina o Sporting no Football Manager

Nem aos Paços de Ferreira?

eheheeheheehehheheh

Espectáculo.

Ser do Sporting? Só por doença incurável, eheheeheh

Benfica - Paços de Ferreira: Golão de Cristian Rodriguez

Este jogador tem de ficar no Benfica.

Golo sublime. Fantástico. ENORME.

É tão bom sentir no peito a chama imensa de ser benfiquista.


A mística do Benfica

Amigos do Benfica

Digam-me se não é maravilhoso sentir no peito a chama de ser benfiquista?

I love Benfica

domingo, 30 de março de 2008

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DO MEU CLUBE


Sr Luis Filipe Vieira.

Termina amanhã, dia 31 de Março de 2008, o prazo para o direito de opção/preferência sobre o passe do jogador Cristian Rodriguez.
O jogador já provou ser uma mais valia para o nosso Benfica. Bom jogador, joga com garra, com valentia, com arte.
Do que está à espera? Que o jogador vá para o clube dos corruptos? Esses, parecem lobos à espera da presa, se é que, por rebaixo da mesa não existe já os tentáculos a trabalhar.

Sabemos que o Benfica quer segurar o jogador. Sabemos que as negociações têm sido difíceis. Acredito até que ande por aí mãos da arruaça dragonesa.

Amanhã é o dia D. Sabemos que, para exercer a cláusula, o Benfica terá de desembolsar uma verba na ordem dos sete milhões de euros e acertar o salário do jogador.
Sabemos que é aqui que começam as complicações, uma vez que o Benfica e os representantes do atleta não conseguem entender-se quanto às verbas a auferir, com o Benfica a considerar exagerado o valor de 1,5 milhões de euros por época, crescendo até aos dois milhões de temporada para temporada.

Sabemos que a SAD tentou baixar valores, quer da verba a desembolsar pelo passe quer dos salários, mas a resposta não foi positiva da parte dos representantes de Rodriguez, que chegaram a admitir que não seria fácil a sua permanência na Luz na próxima época
Ora, estará aqui por certo algo mais que a vontade do jogador.

Sabemos tudo isto.

Mas o certo é que Luís Filipe Vieira tem de dar um safanão e segurar este jogador.

Sabemos que o Benfica não pode cometer loucuras, mas também sabemos que, sem algum esforço não conseguiremos ter jogadores acima da média e Cristian Rodriguez é um jogador muito acima das média.

Vamos lá Presidente. Não se esqueça que os benfiquistas confiam em si. Mas deixar fugir este jogador para os mafiosos será certamente uma machadada no nosso ego e uma irreparável falta de determinação de uma direcção benfiquista que eu espero não aconteça.
Queremos uma equipa vencedora. Uma equipa campeã. Será maravilhoso que este jogador faça parte dela.
Não se esqueça que os corruptos já sondaram o jogador ( se é que foi só isso!!!). E não existe fumo sem fogo. Eles são falsos e capazes das maiores tropelias. Já os conhecemos.

Vou confiar em si Presidente, ainda que esteja algo temeroso. Tire-me desta "agonia".


DADOS PESSOAIS


Nome: Cristián Gabriel Rodríguez Barroti
Nacionalidade: Uruguai
Nascimento: 1985-09-30 (22 anos)
Naturalidade: Montevideo
Posição: Médio
Altura: 1, 75 m
Peso: 72 kg
Clube: Sport Lisboa e Benfica

sábado, 29 de março de 2008

Mas Ana Maria não era pobre?

Eles tocam a música a seu belo prazer

A corrupção pelas mãos e cabeça do mandante tomou forais de verdadeiro escândalo.
Cito um jornal diário:
A equipa constituída pelo procurador-geral adjunto Agostinho Homem – que tem a seu cargo a investigação à forma como foi obtido o depoimento de Ana Salgado nos processos conexos ao ‘Apito Dourado’ e que acabou por favorecer Pinto da Costa – está a investigar o património da irmã gémea de Carolina e a hipótese de o aparente enriquecimento ter sido, de alguma forma, resultado de um suborno ao testemunho.
(…)
Amigos de Ana Salgado asseguram que ela não tinha qualquer bem em meados do ano passado, vivendo neste momento uma aparente situação de desafogo económico.


Ao CM, Ana Salgado negou-o, garantindo que o que conseguiu reunir foi à custa do trabalho na empresa recém-criada pelo marido: aGreen Clima, no Pargaia, um edifício de algum luxo situado na cidade fronteiriça ao Porto.
(...)
"Fui eu que pedi para ser ouvida pelo procurador-geral da República. Vai ser no dia 11 de Abril", disse Ana.

Parece que o procedimento não terá sido exactamente esse. Ana foi chamada pelo magistrado encarregue do processo e ser-lhe-á perguntado se recebeu qualquer contrapartida económica pelo depoimento. A PJ quererá saber, entre outras coisas, como é que Ana, que ainda no ano passado apresentava uma conta bancária com saldo negativo e tinha um processo de dívida já no contencioso com um banco, conseguiu constituir uma empresa e mudar de casa
(…)
A dada altura, cita ainda o mesmo jornal:

Ana Maria vivia com o marido, César Curado, num apartamento em Vila Nova de Gaia, com as três meninas do casal e os dois filhos do anterior casamento de César.O casal vivia sobretudo do ordenado de César, que era sócio minoritário de uma empresa em Gaia, onde ganhava cerca de 1200 euros por mês. Durante o ano de 2006 o casal passou por vários problemas económicos e com um agregado familiar de sete pessoas a prestação do empréstimo bancário da compra do apartamento não foi paga durante meses. A situação chegou mesmo à fase de contencioso com o banco. Nesta altura Ana Maria entrou com um pedido de apoio judiciário na Segurança Social do Porto, que foi aprovado parcialmente. A casa de Gaia continua no património do casal mas agora é habitada apenas pelo filho mais velho do marido de Ana.
(…)
A vergonha continua.

Até quando?


Ler a noticia:

PARABÉNS MAESTRO - RUI COSTA

29 de Março de 2008- Hoje, faz 36 anos o nosso Rui Costa.
.....................................................................................................

Parabens nesta data querida

Mas um ano de vida que tens

Vamos todos cantar pra você

Parabens parabens Parabens


Hoje é dia de festa

Cantam as nossas almas

Para o menino Rui Costa

Uma SALVA de PALMAS


Como é linda esta data de hoje

Salve salve o seu aniversario

Deus lhe dê muitos anos de vida

Pra viver mais de um centenário


Você hoje é feliz mas feliz

Esta data vai deixar saudade

Voltaremos pro ano outra vez

Desejar-te mais felicidades


Parabens nesta data querida

Mas um ano de vida que tens

Vamos todos cantar pra você

Parabens parabens parabens



Viva o aniversariante RUI COSTA
Viva o MAESTRO
VIVA O BENFICA

sexta-feira, 28 de março de 2008

ELES SÃO TODOS IGUAIS


No âmbito do Processo Apito doirado, o presidente do CA, Vítor Pereira, analisou ontem, seis jogos do Gondomar na época 2003/2004.

Agora, pasme-se: Apesar de ratificar diversas decisões dos árbitros, portanto não concordou com essas, na hora de falar em imparcialidade, acabou por defender as decisões por eles tomadas.

Então isto não é passar um atestado de incompetência a todos os quadrantes desportivos?

No jogo entre dois candidatos ao titulo, Sandinenses –Gondomar, um jogador do Gondomar, a dada altura, tem uma entrada violenta sobre um adversário.
No entendimento de Vitor Pereira, deveria ter sido mostrado um cartão vermelho pelo árbitro Valente Mentes, o que não aconteceu.
Não conseguiu avaliar a boa decisão ou não da marcação de dois penaltis duvidosos, acabando por dar nota positiva ao árbitro em questão.

Maior descaramento: .
- "Caso as grandes penalidades tenham sido bem assinalados, daria até uma nota elevada ao árbitro",
- :"Era um jogo difícil e às vezes sabe bem um bolinho, uma partida mais fácil de arbitrar."

Citando ainda a análise de Vítor Pereira:

Mesmo quando mudou a versão da peritagem, a conclusão manteve--se invariável. No Gondomar-Vilanovense, arbitrado por JoséManuel Rodrigues,Vítor Pereira dissipou todas as ‘dúvidas’ que tinha num possível penálti a favor doVilanovense. "É penálti.Vendo com maior cuidado, o defesa rasteira o adversário. Não deixa qualquer dúvida", referiu, mas mais uma vez concluindo com nota positiva:"Não me parece que tenha sido um erro inaceitável."O teor do discurso não mudou quando verificou o jogo Pedras Rubras-Gondomar, arbitrado por PedroSanhudo, onde o presidente da CA da Liga voltou a mudar de opinião em relação à peritagem. Mas a favor doGondomar."Há um penálti contra o Pedras Rubras que o árbitro assinala livre directo fora da área ", apontou, após reparos a Sanhudo a nível disciplinar. O veredicto não variou:"Errou para os dois lados. Não posso dizer que tenha sido imparcial."

Ora isto é o fim do mundo envolto em desonestidade intelectual. Acabando a citação com: . O veredicto não variou:"Errou para os dois lados. Não posso dizer que tenha sido imparcial."

Então se não foi imparcial, foi parcial. E se foi parcial, foi em favor de quem?

Há que dizê-lo sem medos. A não ser que os tentáculos do polvo andem escondidos por debaixo da palavra VERDADE.
E eu acho que andam.

Parabéns RUI COSTA, o MENINO feito HOMEM.


Rui Manuel César Costa, nasceu a 29 de Março de 1972.


Com 10 anos de idade, tentou a sua sorte nos treinos de captação do Sport Lisboa e Benfica. Passados dez minutos de treino Eusébio, que estava a observar os futuros craques, ficou impressionado com as habilidades do jovem jogador. Durante oito anos aprimorou a qualidade e o estilo nas camadas jovens do SL Benfica até 1990, onde esteve emprestado um ano ao Fafe. Regressou ao Benfica onde venceu uma Taça de Portugal - em 93 - e o titulo de campeão nacional - 93/94.

A Fiorentina interessou-se e desembolsou 1,2 milhões de contos (cerca de 6 milhões de euros), uma transferência milionária para a época. A transferência serviu como um balão de oxigénio para as finanças do clube.
Rui Costa jogou sete épocas na Fiorentina onde venceu duas Taças de Itália.

Apesar das dificuldades conseguiu ser eleito algumas épocas o melhor nº10, tirando o lugar a jogadores de grande gabarito como Zidane, jogador da Juventus.

Foi colega de Batistuta na Fiorentina e quando se falava da possível saída do argentino para outro clube este afirmou:" Para onde eu for o Rui vai comigo". Muitas foram as vezes em que se falou da sua saída, mas Rui Costa manteve-se até a entrada em falência do clube de Florença.
Concretizou-se então a transferência para o AC Milan, de novo sobre nova quantia milionária, cerca de 35 milhões de euros.

Rui Costa jogou cinco temporadas no AC Milan onde no total conquistou 1 Taça de Itália, 1 Liga dos Campeões, 1 Supertaça de Itália, 1 Campeonato e 1 Supertaça Europeia.
Em 2004 fez o seu último jogo pela selecção portuguesa, jogo esse na final do Euro 2004, em Portugal, no Estádio da Luz frente à selecção da Grécia. De salientar ainda que Rui Costa se sagrou campeão do mundo em 1991 na categoria de sub-21, vencendo na final o Brasil no desempate por pontapés da marca de grande penalidade.

A final foi realizada no antigo Estádio da Luz e Rui Costa marcou o penalty vitorioso.
Um dos jogos mais marcantes da sua carreira foi um jogo amigável entre o SL Benfica e a Fiorentina, no qual marcou um golo ao seu antigo clube. Não festejou, chorou ao marcar e ouviu um Estádio da Luz repleto a aplaudi-lo.
No dia 25 de Maio de 2006 foi apresentado como novo jogador do Sport Lisboa e Benfica. A transferência, desta vez, foi a custo zero e só foi possível porque Rui Costa e AC Milan rescindiram o acordo que os ligava por mais uma época. Rui Costa abdicou, com a vinda para o SL Benfica, de cerca de 700 mil euros ano. Desta maneira a casa que o viu nascer como futebolista e que todos os anos sonhava com o seu regresso abre-lhe as portas para que Rui Costa possa acabar a carreira no clube do seu coração.

Parabéns Rui Costa. És um dos nossos orgulhos. FELICIDADES

quarta-feira, 26 de março de 2008

E A GRAÇA QUE... ele...TEM

Em virtude de ir a julgamento no Processo Apito Doirado, Pinto da Costa vai confessar-se, sozinho numa Igreja do Porto, e ajoelhando-se, ante um enorme crucifixo, apelando à providência DIVINA.

Diz :- Pai, perdoa-me porque não fui honesto para com os meus adversários desportivos ...
E ouve-se uma voz vinda das alturas:
- Dá graças a Deus.
Pinto da Costa, estranha a resposta, mas continua a confissão:
- Dei prendas, paguei viagens, dei envelopes, guloseimas, e agora ninguém reconhece o bem que eu fiz ...
E a Voz outra vez:
- Dá graças a Deus.
Pinto da Costa fica muito admirado e aproveita...
Por minha culpa os títulos do Porto ficam enlameados e fedorentos de vergonha ...
- Dá graças a Deus.
-Enganei os sócios, jurei-lhes que era honesto e que o Porto tinha ganho tudo com competência e sem trafulhice...
- Dá graças a Deus.
Comprei jogadores com uma idade e afinal tinham outra. Eram para ser filhos e afinal eram avôs ...
- Dá graças a Deus.
A esta altura já o Pinto da Costa não aguenta mais e exclama:
Meu Deus! Mas o que é isto? Eu conto-te os meus pecados e tu dizes "Dá graças a Deus"? Então quer dizer que eu fiz bem em pecar?

- Não é isso, meu grande CORRUPTO! Dá graças a Deus que eu estou aqui pregado nesta cruz, senão ia aí abaixo e rebentava-te as trombas, meu vigarista !

............................................................................................................................
Estava um homem, jurista de profissão, a conversar com uma criança magra e esfarrapada que brincava à beira da estrada. - Pobre criança. Que faz o teu pai?
- O meu pai? É presidente de um clube!
- Áh é ?!. Muito bem.
- E a tua mãe?
- É árbitra de futebol! –
- Lembrando-se do Apito Doirado, exclamou:
- Lamentável! Tens irmãos? –
- Só um... Os outros morreram todos quando eram pequeninos...
- Pois, que tragédia! E o que faz esse teu irmão?
- O meu irmão está na Prisão de Custóias. - Na Prisão de Custóias? Está preso?
- Não. É pedreiro.
- E o que está a fazer na prisão de Custóias um pedreiro?
- Está a preparar a cela para um presidente de um clube.

............................................................................

Um homem estando numa roda de amigos pergunta: Sabem qual é a diferença entre um elefante e o Pinto da Costa?
Ficaram todos calados, até que um diz:
Bem a tromba é igual. Sé se for que, o elefante não estar interessado nos dentes de Pinto da Costa
.

" Um grupo de Jovens Vaidosos e Ricos "


Tenho que ser sincero e honesto para com a minha consciência.
A selecção portuguesa não joga um pataco furado.

Um dia, disse Vale e Azevedo: “São um grupo de jovens vaidosos e ricos.”
Esta frase ajusta-se na perfeição à selecção portuguesa.
Perdemos novamente com a Grécia. Começa a ser um “mau hábito” mas normal olhando aquilo que joga a nossa selecção.
Karagounis ( que saudade) marcou dois golos de livre, com dois pontapés magistralmente teleguiados, igualzinhos em execução, acabou por humilhar a equipa lusa, a qual, mostrou uma apatia e uma debilidade confrangedora, dando indicações de que o seu futuro é incerto e periclitante.
A Grécia apresenta o seu estatuto de campeã europeia. Dizem que ganhou a final em 2004, com Portugal, por sorte, por mero acaso.
Parece que não foi bem assim, olhando ao que se passou no jogo de ontem.
Demonstrou uma clara superioridade técnica e táctica, sobre uma equipa de bons rapazes, a que chamam a selecção portuguesa.
Apenas João Moutinho, Veloso, Carlos Martins, jogaram com alguma alma e espirito de vencer, o que não será alheio a sua vontade de estar presente no Europeu.
Quaresma foi novamente uma desilusão. A anos luz do que faz no Porto, ( nem sempre) parece estar na selecção por favor, sem garra, sem alma, uma completa nulidade. Muito “agarrado” à bola, esquece-se que o futebol é um jogo colectivo e não individual.
Com Cristiano Ronaldo e Simão em forma, duvido até que, Quaresma não seja uma 3.ª ou 4.ª opção, durante o Europeu.
Portugal, sentiu grandes dificuldades nas transações de jogo jogado, sentindo grandes dificuldades em colocar a bola no meio campo adversário, conseguindo-o alguma raras vezes, pelo lado direito, onde se notou alguma criatividade de João Moutinho, Carlos Martins e Paulo Ferreira

Portugal não tem equipa. Não tem colectivo.
Cristiano Ronaldo, Maniche, Nani, Petit, Deco e talvez Bosingwa, João Moutinho, parecem ter lugar garantido no Europeu 2008.
Sobre os restantes, muito se tem que trabalhar, escolher, identificar no sentido “jogador de selecção”.
No final do jogo, disse Scolari:

Este foi "um jogo normal" com "um resultado normal.

Normal ?
Perder com a Grécia é normal?
Jogar como Portugal jogou é normal?
É esta, uma selecção que quer ser campeã europeia?
Pois bem, afinal eu é que não percebo nada disto.

E assim, de derrota em derrota, lá segue Portugal, qual “O maior e Melhor” em direcção a campeão europeu 2008.
Grande Scolari. É assim mesmo que se fala. Engana-me que eu gosto... e deixo.

Salvou-se Portugal em sub 21, com a vitória por 2-1 sobre a Bulgária. Estão de parabéns os mais “miudos”.
.

terça-feira, 25 de março de 2008

AS PALAVRAS NUNCA DITAS, feitas frases pensadas.

- - - Perdoai os meus pecados - - -

Perguntas feitas pela Meritíssima Juíza a PINTO DA BOSTA, aquando da decisão de o levar a julgamento e consequentes respostas:

P - Por que motivo um árbitro foi a sua casa dois dias antes de um jogo onde ainda se disputava o título da I Liga?

R- São coisas de foro íntimo. Eu pensava que era um massagista.

P - Como explica os encontros marcados com o empresário António Araújo na sua vivenda na Madalena, em Vila Nova de Gaia?

R – Ia fazer massagens à minha amada Carolina Salgado

P – Dê uma justificação plausível para os seus ‘lamentos’ perfeitamente audíveis numa conversa telefónica com Pinto de Sousa, após o jogo Beira-Mar-FC Porto.

R – Estava afónico por tanto gritar para dentro do campo a ver se o Augusto Duarte me ouvia e daí lamentar-me de não ter uma pastilhita para a rouquidão

P – Acha que Carolina Salgado falou no envelope para se vingar de si? Se sim, porquê?

R – Acho que sim. Por eu ter deixado acabar o Viagra e assim ela, coitadita tão carente, precisar de ter "visitas" lá em casa.

P – Carolina Salgado, reconhece ter sido ela a receber Augusto Duarte na sua residência. É verdade?

R – É. Ela sempre gostou de vir receber pessoas à porta. É um fetiche dela.

P – Ela diz que viu entregar um envelope ao Augusto Duarte. Que diz sobre isso?

R – É verdade que entreguei uma coisa qualquer, mas não sei se era um envelope. Só sei que era uma coisa vermelha.

P – Vermelha?

R – Sim, vermelha. E como era vermelha, fechei os olhos e, nem vi o que era.

P – Diz que era um envelope que continha 2500 euros?

R – Não sei. Só sei que a minha querida Carolina, no dia seguinte, se queixou de não saber onde se encontrava o envelope com a sua mesada.

P – O que acha da Justiça portuguesa?

R – Só acredito nos juizes do DIAP do Porto porque esses é que são sérios e honestos ( eheeheh, risos da meritíssima)

P – O Sr vai a julgamento. O que se lhe oferece dizer?

R - Espero que Deus mostre a sua justiça divina e que as pessoas que inventaram esta história do envelope nunca mais durmam descansadas e que sejam atormentadas por toda a vida.

P- Envelope? Mas havia envelope?

R - Sei lá, era uma coisa vermelha.

P – Se um dia for detido, quem gostaria que o acompanhasse.

R – A minha mais que tudo, Carolina Salgado

P – O Sr é rancoroso?

R - ( Já a chorar) Não. Só quero a minha Carolina. Só quero a minha Carolina
.

Abençoada LUZ que ilumina os SERES SÃOS E VERDADEIROS.


- Pinto da Costa e o empresário António Araújo foram hoje pronunciados pelos crimes de corrupção desportiva activa e o árbitro Augusto Duarte está imputado de um crime de corrupção desportiva passiva.

- O primeiro crime é punido com um máximo de 4 anos de prisão e o segundo com 2, mas em caso de condenações será sempre determinada uma pena suspensa, embora fiquem pendentes consequências graves desportivas.

- Nesse despacho, a juíza Anabela Tenreiro considera que neste tipo de crime "o acordo não tem de ser expresso, bastando o acordo tácito"

- Este será o primeiro julgamento de Pinto da Costa na sequência do processo Apito Dourado.

(…)
http://www.record.pt/noticia.asp?id=780461&idCanal=2497

Acreditem que estou extasiado. Tenho no peito uma sensação de alegria, prazer, bem estar. O julgamento dos corruptos até pode não dar em nada.
Mas o certo é que o flatulento vai sentar o cú no banco dos réus.

As grades esperam-te.
Mas mesmo que não hajam grades, pelo menos ficarás na história como o MAIOR CORRUPTO do futebol português.
Muitos e importantes títulos que a tua equipa ganhou, ficarão emporcalhados para sempre na imiscua e profana vergonha. Serás para sempre o elo (vergonhosamente) mais fraco.

Ficarás na história como o intrujão, o trapaceiro, o podre, aquele que pela fraude atingiu a glória, que cairá nos confins da putrefacção, porque será recordada a tua passagem pelo clube a que pertences.
Louvo a Srª Meritissima Juíza Anabela Tenreiro, pela sua coragem e determinação na procura da verdade e condenação dos indignos, coragem que, por amizade porca e corrupta os seus iguais do DIAP do Porto, não tiveram, quando arquivaram o processo.
Que a Luz da verdade ilumine quem por direito presidir ao julgamento
.

Sr Dr Magistrado!. Que a HONRA o ilumine.

Será que se liga "A LUZ DA VERDADE"

16 de Abril de 2004. Foi nesta data que, o corrupto árbitro Augusto Duarte, acompanhado pelo empresário António Araújo, se deslocou à residência do Flatulento a fim de “beber um cafézinho”.
Dois dias depois iria ocorrer o jogo Beira Mar – Porto.
Jogava-se a 31ª jornada e a equipa da fruta, liderada por José Mourinho, encontrava-se à frente do campeonato, com cinco pontos de avanço sobre os lagartos do Sportém.
Era um jogo de extrema importância para os corruptos. Não poderiam perder. Para que tal acontecesse bastaria o árbitro ir onde foi saborear o néctar de tão saborosa bebida.
Empatou o Porto 0-0.
Dizem agora que o árbitro não teve influência no resultado, até porque os corruptos não perderam. Pois não. Mas também não perdeu e, a sua vitória, deixou de ter “assim tanta importância” em função de, na véspera do jogo de Aveiro, o Sportém, ter perdido por 2-1, no Bessa contra o Boavista.
Estava tudo tratado nas “conversas banais” tomadas durante a visita de cortesia e sem qualquer interesse – a não ser beber o tal cafézinho, inigualável em outro lugar.
Ou seja, os corruptos, nem precisaram de ganhar, para aumentar o seu pecúlio de 5 para 6 pontos.
Parece ser esta – oxalá que sim – a opinião do M.P., que diz que, a vitória dos corruptos, deixou de ser indispensável, em face da derrota do Sportém.
São estas as razões que levam o cérebro do Polvo, o flatulento, a saber na manhã hoje, se vai ou não a julgamento por ter corrompido o corrupto árbitro Augusto Duarte, com 2500 euros ( era este o nome do cafézinho)
Este será o primeiro dos três casos em que o flatulento é acusado de corrupção desportiva, por alegadamente ter falseado a verdade (resultados) na época 2003/2004, quando o clube do corrupto foi campeão europeu e viveu o ano de graça de José Mourinho.
A Drª Magistrada Maria José Morgado, ganhará a 1.ª batalha, se o Magistrado que vai decidir, for de opinião que, o processo em questão, vá a julgamento.
Este processo já foi arquivado pelos amigos do flatulento, gentalha que não deveria estar na justiça, como são alguns dos indivíduos que formam o DIAP do Porto.
Esses, vergonhosamente e descaradamente, não terão encontrados indícios de crime, como se a visita de um árbitro a casa de um presidente de um clube, fosse a mais banal das situações.
Se houver verdade e honra, saber-se-á agora, quem tem razão.

A decisão a sair do Magistrado do Tribunal de Instrução Criminal do Porto é também esperada pelo efeito que poderá ter nos restantes processos.
Um despacho de pronúncia poderá provocar decisões do género nos outros casos que ainda se encontram em instrução, enquanto que a manutenção da acusação poderá e deverá ter um efeito inverso.
Que a honra, a verdade e a competência, ilumine o Magistrado na hora decisória.

Espero que se faça justiça.

Se for feita, o flatulento, estará mais próximo da sua nova casa, que será bordada a ferros em quadrado, palácio onde devem estar os corruptos, falsários da verdade, feitos na imagem do presidente do clube debochado, o trocador de envelopes recheados “por cafézinhos”, com sabor a choldra

segunda-feira, 24 de março de 2008

AS LAGARTIXAS TONTAS




Beber ou não beber, eis a questão

As lagartixas andam pesarosas em virtude de, ninguém os ter avisado que a cerveja tolda a mente, quando tomada em excesso.

Convidaram suas altezas para uma prova final, onde a cerveja, era Rainha. Só que, se esqueceram de dizer-lhes que era para beber após o jogo e não antes desse.

Assim, reparei eu, que algumas lagartixas, que porventura mais tenham "abusado" da tal, aquando da marcação dos penaltis, corriam para a bola a tremer a fazer inveja à mais fina vara verde.

Foi então que, qual o melhor bruxo, adivinhei o que se estava a passar. Explico:

As lagartixas, viam duas balizas e dois guardas redes. Uma que era e outra que não era. Um que era e outro que não era. ( A tal ilusão de óptica)

Vai daí, chutavam a bola para a baliza que não era. E pimba. Vinha de lá o guarda redes que era, e defendia.

Daí, o olhar incrédulo que apresentavam quando viam o Eduardo defender.

Eles esfregavam os olhos, dobravam-se ( peso da Carlsberg), enfim, entravam em desalento, não compreendendo, como é que um guarda redes que não era, aparecia a defender uma bola, que ia para a baliza que era.
Mas que confusão ia naquelas...chuteiras, eheeheheheh

Soube agora que as lagartixas, passados os efeitos alcoolémicos, vão protestar o jogo.

Razão? É simples. Alegam que, o Governo da República Portuguesa, proibiu por Decreto que os “cães” perigosos vagueassem pelas Ruas, entre outros locais públicos.

Então não é que andou em campo um PITBUL à solta e ainda por cima sem açaimo?

Alegam que tal inibiu as lagartixas, atemorizando-as, fazendo-as esconder-se nos buracos existentes no relvado e daí não terem “aparecido” em jogo.

As coisas que eles inventam, eheeheheh.

E assim, lá foi a taça Carlsberg Cup, para a linda e maravilhosa cidade de Setúbal.
Esses, os Setubalenses, foram avisados, eheehehehe.

domingo, 23 de março de 2008

O Regresso do "nosso" Simão.


Ora, hoje, começo por desejar a todos os desportistas em geral e benfiquistas em particular, um Santo domimgo, Dia de Páscoa.
Falando em futebol, aproxima-se a época 2008/2009, e tal, para os jornais que vivem à custa do Benfica, é um valor acrescentado.
Fala-se e tenta-se adivinhar quais os treinadores, quais os jogadores, se se troca de presidente, se Rui Costa vai ser isto e aquilo ou ainda outro.
Eu, também acredito que Rui Costa, vai ser, e desempenhar com classe, categoria e talento, o cargo de director desportivo do Glorioso.
Sinceramente, também me apetece divagar e opinar um pouco, ainda que, sujeito à controvérsia e discórdia dos meus ilustres concidadãos benfiquistas.
Quanto a treinador, gostaria de ver no Benfica a dupla Humberto Coelho - Moser. É uma mania, uma ideia, se calhar uma heresia por maluca e disparatada.
Não sei porquê, não vejo no Carlos Queiróz, a mistica que se deseja actualmente para levar o Benfica a bom termo. Não ponho em causa a sua competência, que é muita, mas sim a entrega com amor suor e lágrimas à causa benfiquista.
Fala-se no interesse do Benfica em Carlos Martins e no regresso do “nosso” Simãozinho.
Concordo que seriam mais valias para o benfica.
Falando de Simão, não me parece nada fácil o seu regresso. Não vou falar se foi ou não bem vendido. Recordo-me que havia uma promessa de Luís Filipe Vieira e, acredito que, foi nessa base do cumprimento que Simão saiu.
Simão aufere cerca de 400 mil euros mês. Totalmente fora de hipótese no tecto salarial do benfica.
Mas sabe-se o amor que o Simão tem ao Benfica. Acredito que, por Rui Costa, pelo Benfica e por um projecto sério, adulto, sustentado, e com fortes hipóteses de ter êxito, Simão baixaria o ordenado, embora pudesse ser, completado com mais valias, como por exemplo, prémio pela conquista do campeonato, ou Taça de Portugal.
Acredita o Benfica na vontade do Simão. Será essa um dos trunfos do Benfica e de Rui Costa, para o fazer regressar. Na pressão que esse fizer junto do Atlético estará o sucesso do pretendido.
Simão nem sempre tem sido titular no Atlético de Madrid. O Simão era e certamente será o capitão do Benfica na liderança de um projecto em seu redor que certamente muito a ele e a nós orgulhará.
Acredito no seu regresso.
Também vejo com bons olhos a vinda de Carlos Martins.
Joga num lugar parecido se não igual ao de Rui Costa.
Acarinhado, acompanhado de corpo e alma pelo Universo benfiquista, seria uma aquisição de grande importância e valor acrescentado.

Já agora, porque não pensar na aquisição do Eduardo, guarda redes do Vitória de Setúbal?.

Dir-me-ão que, no Benfica, onde as exigências são muito maiores, seria mais um Moretto. Porventura seria. Mas também temos que admitir que um caso não invalida o outro, e acredito que Eduardo também seria uma mais valia, dispensando o Benfica o alemão But que ganha rios de dinheiro e ainda nada provou.
Se calhar Eduardo, tomará o rumo do Norte, caso o Benfica se esqueça que ele existe.

Já vimos que léo não vai ficar. Ficará Sepsi para o seu lugar e certamente fará ainda melhor que o brasileiro.
Mais uma maluquice. Gostava de ver Hugo Viana vestido de vermelho. Hoje, mais adulto, mais jogador, acarinhado pela Nau benfiquista, não acham que nos daria grandes alegrias?

Boa Páscoa extensivo a todas as vossas famulias.





sexta-feira, 21 de março de 2008

Como Brilha o Nosso ENORME Fredy Adu.


Loas ao nosso menino

Em jogo das meias finais, da qualificação da selecção sub-23, para os jogos olímpicos, entre os Estados Unidos e o Canadá, o nosso menino, Fredy Adu, de 18 anos de idade – acreditem, não tem mais não - com dois golos de sua autoria e estando envolvido na jogada que deu origem ao 3.º golo, brilhou a grande altura, carimbando com a sua ENORME classe e arte de bem jogar futebol, a viagem dos Norte Americanos a Pequim.

De livre directo, marcou Fredy Adu, aos 27m e 47 m, tornando-se o melhor marcador do torneio com quatro golos.
Foi substituído para as merecidas palmas.

Fellipe Bastos, outro jovem, de 17 anos de idade, é outro valor seguro na futura equipa do Benfica que todos nós ansiamos vitoriosa
Internacional sub-17, pelo Brasil, tem trabalhado com o plantel principal e será uma mais valia na versão 2008/2009, do nosso glorioso.

Nélson Rodrigues, que o descobriu para o futebol, diz:

- Tem boa leitura de jogo, aliada ao sentido prático que tem e à forma inteligente como se posiciona no relvado, e ainda ao forte carácter, permite pensar que o Benfica acertou em cheio na sua contratação.

- É fantástico no passe", consciente de que Fellipe Bastos continuará a "marcar presença na selecção do Brasil no futuro. "


A par de David Luiz, Di Maria, Cristian Rodriguez – apressem a sua renovação – e, como mais duas ou três aquisições, confio que o Benfica na próxima época será campeão.

Vamos todos acreditar?

quarta-feira, 19 de março de 2008

Sumarrissimo? Para Bruno Bruto Alves? Mas quem manda afinal?


Após reunião, a Comissão Disciplinar, “esqueceu-se” pura e simplesmente a razão para que existe.

Decidiu, entrando nos meandros da vergonha e falta de respeito pelas instituições, não ligar patavina à bárbara agressão perpetuada por Bruno Bruto Alves, o qual, atingiu de forma violentíssima, com os pitons, as costas de Jorge Gonçalves, jogador do leixões.

Assim, se iliba o árbitro Jorge de Sousa, de uma falta de atenção premeditada, pensada e assumida, prejudicando o leixões, com a não expulsão do Karateca e cabeceador ( Nuno Gomes que o diga), deixando ficar em campo um jogador que o não merecia.

O Patrão da máfia instalada no futebol português, disse ontem, no Campo da Constituição: “Estava à espera, há 15 dias, do sumaríssimo ao senhor Cardozo. Disso estáva à espera. Depois de não o ter visto já não estou à espera de nada” . E os jornalistas comprados ainda dão ouvidos a uma besta destas? Será que estão todos debaixo da lei da obediência?

Esta foi a mensagem, o recado, directo aos ouvidos de quem tem de obedecer. Os lugares dão prestigio e dinheiro e ai daquele que tentar seguir um caminho que não seja o caminho delineado pelo comandante.
Eu mando. Tu obedeces.

Depois da tentativa da inconstitucionalidade que os abutres tentam, a todo o custo que seja dada às escutas, eis que, grão a grão, vão pondo bombas num campo já de si super minado pelos mesmos.

Também, instado sobre o não sumaríssimo a BrunoBrutoAlves, Jorge Gonçalves, disse: "Em relação a esse tipo de situações, não posso falar muito, não é a minha forma de estar. Falei na altura do jogo, disse que achava que não era forma de entrar a um lance. De resto, a partir daí, procuro não pensar muito nisso, se há ou não sumaríssimo. Para mim, é assunto encerrado»,

Cito:- Não posso falar muito. Pois não podes. Obedeces a quem manda e esse é um mal que assola o futebol português.
É assunto encerrado mas não havia de ser. Pela verdade, deveria condenar a acção e a decisão do Conselho disciplinar. Isso sim, era de louvar.
O que foi que aconteceu para mudar de opinião? Ouviu a voz do dono?

Que falta de carácter e vontade própria, tem este jogador.

O Patrão, voltou a lançar indirectas farpas ao Benfica, dizendo que, já anda a preparar as duas próximas épocas. Mas isso admira alguma coisa? Com o dinheiro que lhe dão através da corrupção até deveria andar as preparar outras.
Se não fosse a corrupção, o Porto andaria nas ruas da amargura, visto que, a nível de prestigio, markting, vendas, sócios e muitos outros, está a anos luz do Glorioso.
Não se entende como a Sad dos corruptos ainda dá prejuízo, depois das cabalas vergonhosas que tudo têm contribuído para levantar o poço de vergonha a que preside.
Assim vai a podridão do futebol português.

terça-feira, 18 de março de 2008

A Máfia do Apito Dourado.


A farsa do Apito Dourado, parece não ter fim à vista.

No próximo dia 26 deste mês, recomeça no Tribunal de Gondomar, o julgamento do processo Apito Dourado.
Corre o mesmo o risco de ver anuladas as secções já realizadas, voltando ao inicio, tudo por obra e graça da validação ou não das escutas telefónicas.
O Tribunal Constitucional, o dossier das escutas, aguardando-se uma decisão sua, quanto à validade das mesmas.
Por requerimento do causídico, José Luís Oliveira, foram as escutas apreciadas pelo Tribunal da relação do Porto, o qual, teve como entendimento, que as escutas foram bem validadas, devendo assim, dentro da lógica da boa verificação, funcionar como meio de prova.

António Carneiro da Silva, Juiz presidente, do colectivo do Tribunal de Gondomar, considerou inclusive, ou pelo menos, é facto praticamente por si assumido, de que, as escutas são o principal meio de prova, no que concerne à acusação e ao desmantelamento do puzzle que sustenta o Apito Dourado.
Ora nas escutas está o cerne da questão, as quais, sendo como o algodão, não enganam, são o "cavalo" de batalha dos advogados corruptos que a troco de milhões de euros, defendem a mentira e uma corja de falsários ricos e poderosos.

Se o Tribunal Constitucional, entender que as escutas sofrem de rasuras efeito/causa/legalidade, e considerar que não foram bem validadas, terá que se repetir o julgamento, adivinhando-se o seu desfecho, pois sem as transcrições, claras, audíveis, na minha opinião indesmentíveis, que deixarão de fazer fé em juízo, a acusação do Ministério Público, ficará muito fragilizada, quiçá atada e amordaçada pelas linhas corruptivas, que formam a teia engendrada pelos advogados mafiosos e impúdicos.

Um dos árbitros corruptos, Pedro Sanhudo, através da sua advogada Isabel Monção, solicitou ao Tribunal de Gondomar que, fossem alguns dos processos existentes contra si e que se encontram a ser julgados noutro juízo, mas no mesmo Tribunal de Gondomar, fossem apensos ao processo original, ao seja ao referenciado e em causa,

Não é esse o entendimento do Juiz Presidente, António Carneiro da Silva.

Só que, tal opinião, pode esbarrar nas vidraças do reflexo, originando a que, um tribunal superior, tenha uma opinião contrária, o que a acontecer, deitará por terra todas as audiências já levadas a efeito, desde 11 de Fevereiro de 2008, levando assim, à repetição do julgamento.

Em dias separados e exclusivos, dedicou o colectivo de Gondomar, que o julgamento fosse recomeçado, com a audição de três peritos de arbitragem: Jorge Coroado; Vítor Pereira e Adelino Antunes.
Estes, têm como missão, apresentar relatórios e gravar as sua opinião, para memória futura, sobre cassetes vídeo que visionaram e analisaram, de jogos do Gondomar, as quais, foram apreendidas pela P. Judiciária, em 2004, e que se encontram sob investigação.

E assim se dança a dança dos “lobos”. Roubas uma flor és preso, roubas um jardim, és louvado.

Ninguém parece ter COJONES para endireitar, colocar no seu devido lugar, ou seja na prisão, toda esta cambada de corruptos.
Eles, os mafiosos, terão sempre na sua frente a luz que encandeia os pobres.

Essa candeia tem um nome: €€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€ (Euros)

domingo, 16 de março de 2008

Benfica: Um deserto de ideias.


Hoje, estou triste. Decepcionado. Zangado.

O Benfica, empatou no Marítimo, num campo onde os andrades, O Zportem e os vimaranenses, haviam ganho.

Alinhou o Benfica com:
Quim, Nélson, Katsouranis, Edcarlos e Léo; Luís Filipe, Petit, Binya, Rodríguez e Sepsi; Cardozo.

Como suplentes, perfilavam-se:
Butt, Wagner, André Carvalhas, Maxi Pereira, Rui Costa, Nuno Gomes e Makukula

Com Luisão, David Luiz e Zoro, todos centrais, indisponiveis por lesionados, foram centrais Ed Carlos e Katsouranis, este, como noutras vezes adaptado.
Di Maria e Mantorras, ficaram nas bancadas, enquanto por surpresa geral, Rui Costa, ficou no Banco. Fred Adu, brilha em terras do Tio Sam.
Considerando que, Wagner e André Carvalhas, ainda juniores, eram opções para formar “banco”, restavam Maxi Pereira, Nuno Gomes e Makukula. But não contava para estas andanças.
Quis Chalana surpreender, inovando? E surpreendeu. Colocou quatro laterais de raiz a jogar de inicio, ou seja, com pelo menos oito jogadores com características defensivas. Medo? Mas de quê? Era o Maritimo, não o Real madrid, Chelsea ou M. United.
E mesmo que fossem esses, o Benfica tem de ser igual e jogar sempre para ganhar.
Assim, não se pode ganhar qualquer jogo, por muito que se queira.
Também não vejo nos jogadores do Benfica a suar a camisola. Petit está de rastos, não é o mesmo de outros tempos e o Benfica ressente-se disso.
Outros, como Luis Filipe, não têm classe para envergar a camisola encarnada. Maxi Pereira também, se não melhorar muito na próxima época, parece-me também dizia, um fracasso, considerando o nível exigido para os jogadores do Glorioso.
EdCarlos, pesado, não teve classe nem argumentos para acompanhar o jogador do Marítimo, Ítalo de seu nome, jovem brasileiro da equipa B, que ainda não tinha jogado na equipa principal. Esse, mais forte, e de uma posição já não muito favorável, marcou um bonito golo, onde Quim também não estará isento de culpas, visto ter fechado mal o ângulo. Poderia e deveria ter feito muito melhor.
Sofrer golos como estes não são possíveis em equipas que se querem de alta competição.
Também não se compreende a opção de deixar Rui Costa no banco, quando o mesmo, é somente o mais e maior criativo da equipa actualmente a jogar e a fazer jogar.
Não vou aqui arranjar desculpas noutros factores para o empate do Benfica. O Benfica foi melhor na primaira parte, foi pior na segunda, onde o Marítimo foi melhor.

Anote-se que o Italo, na primeira vez que toca na bola, arrancou por ali abaixo e marca. Incrivel.

Espero que o Benfica consiga segurar o 2.º lugar, o que sinceramente, prevejo muito dificil.

O Benfica, parece-me estar a atravessar um Deserto, qual Caniçal, de ideias que, ou se tomam medidas drásticas e rápidas, ou vai ser mais uma época de infinita tristeza para todos aqueles, como eu, que AMAM o clube.



" OS LOBOS"




Existem por vezes causas (não) raras de profundo opróbrio.

Já não existe força anímica ou intelectual que me ajude a perceber a profundidade a que pode chegar o mau carácter, a incompetência, o nível de vontades, a obediência.

Ontem, em jogo para o campeonato nacional, realizado no Estádio do Mar, em Matosinhos, entre o Leixões e o FC Porto, foi esse, arbitrado por um árbitro do Porto, Jorge Sousa, de seu nome.

Marcou o Leixões um golo legal, só que, tal não bastou para satisfazer a fome do “lobo”, o qual, manhoso e traiçoeiro, entendeu por vias de satisfação de outrem, sonegar a justiça, impondo-lhe a deliberação de quem quer e manda. O Leixões não poderia ganhar.

Por isso, e após o Porto empatar aos 77 minutos por Lesandro Lopes, mas que não chegava para satisfazer o plebeu que se encontrava nas bancadas, rei e senhor de mandados, vai de fazer olhar turvo e impuro a um lance capital do jogo em que qual “hiena” à solta, uma “fera” costumeira, e a soldo da ignominia, agrediu à patada um colega de profissão.

Iam decorridos 79 minutos de jogo, quando a besta, Bruno Alves, atropela literalmente de forma brutal e assassina, Jorge Gonçalves, jogador do Leixões, perto da linha do meio - campo, cuja acção, nem cartão amarelo mereceu, por parte da nódoa arbitral.

O Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=8aQra5UXRjw , mostra a bárbara agressão, cuja intensidade e pensada maldade, não deixa dúvidas a ninguém. Nem ao árbitro que a considerou...legal.

É selvático, num arraigado personagem, que é useiro e vezeiro em agressões do género.
Tal, para o árbitro Jorge Sousa, não passou de uma carícia feita nas costas do Jorge Gonçalves, o qual acredito, terá solicitado à besta ao serviço do “Lobo” que fosse amigo e lhe concebesse tal mimo.
Não satisfeita a vontade do “olheiro pagador”, “dono” de agências de viagens e visitador de casas de aprazimento intimo, decidiu o sujeito do apito, não marcar um fora de jogo indefectível do Tarik, fazendo com que, o Porto, ganhasse um jogo que, à imagem de outros, fede a podridão, por adulterado, no seu teor e composição final.

E, assim, ao colo, de avião, de apito em apito, de surripianço em surripianço, se faz um campeão, que o será na imagem, escritos no papel e fincados na história, mas nunca o será na postura da verdade e dignidade desportiva.
São assim os “Lobos”. Descem à cidade e comem tudo e não deixam nada.

Fujam das falsas mas ordinárias feras, porque os lobos verdadeiros são animais selvagens, a quem em titulo, presto a minha homenagem, mas são na sua transigência de espaço, respeitadores e verdadeiros.
Os outros, são “animais ferozes” em que, por enleados nós, formam "alcateia", atam ao seu espaço, quem pela verdade, outros, gostaríamos de ocupar.

Deixem passar o campeão da intrujice e malevolência à verdade de um desporto saudável e sério.

sábado, 15 de março de 2008

Batam-se hossanas à Vilanagem.


São vinte e quatro os arguidos, indiciados no Processo Apito Doirado, em Julgamento no Tribunal de Gondomar.
Para quem o duvidava, certos homens do apito têm sido presenteados com os mais díspares produtos:

- um caracol de apito dourado, pulseiras, voltas e crucifixos de ouro, garrafas de vinho (dizem garrafinhas), lambarices, queijos, calças de ganga, camisolas, relógios.
- lampreia, em Gondomar, a nacos de leitão, na Mealhada.
- "Eu sou um árbitro bravo!"
- "Eu sou a besta negra da arbitragem"
- "Eu não sou burro"
- Afiançam nunca terem sido bafejados por tais benfeitorias.
- (depois dizem): "Só galhardetes, senhor doutor."

Perante estas pérolas, o magistrado/procurador Gonçalo Silva, contra-ataca no seu proverbial registo monocórdico ( cito):
- "Recorda-se de haver uma lista de árbitros favorável ao Gondomar?
- Foram jantar ao Restaurante Margem Douro. Comeram lampreia?
- Foi à bordalesa?
- Quem pagou?"
Também neste particular, há comensais lampreeiros e aqueles que alegam desconhecer a disputada especialidade da região.


Nas escutas telefónicas podem ouvir-se aljôfares elevadas à mais hilariante gargalhada,
- Os árbitros, bonacheirões, combinam petiscadas de I Liga no mesmo comedouro. Diálogos do tipo, "fala fulano, pá, traz beltrano, carago!", num português vernáculo de fazer inveja ao melhor apóstolo ou a quem faz exercícios de aquecimento tendo em mente palitar os dentes.
- Por fim, o néctar em forma de remate final: "Eu telefono ao Oliveira."


José Luís Oliveira, presidente do SC Gondomar e "vice" de Valentim Loureiro na autarquia e uma personagem com direito a ser regularmente citada.
Uma presença sempre “querida” quando chamava a si a amabilidade da liquidação das facturas, segundo se presume pelos acerados profestas.
José Oliveira, personagem cósmica de deveres bíblicos, puros e indefectíveis, é indicado pelos ourives como o "cliente" semanal dos sacos azuis com caixinhas de surpresa:
- ouro reluzente destinado aos árbitros.
- Por duas vezes "fui ao campo do Gondomar" entregar-lhe a encomenda", diz um dos comerciantes.

Gilberto Madaíl, líder da Federação Portuguesa de Futebol, agitou as atenções a que está acostumado, qual auréola de presença sorridente e “afável”.
As suas declarações assentaram que nem uma luva a Valentim Loureiro, ausente como de costume, como se outra coisa fosse de esperar de tão grato “desafecto”.
O mesmo aconteceu com o mais internacional dos árbitros, António Garrido

Posto em sentido pelo major, ao telefone, desdramatizou a crispação verbal, porquanto em futebol o insulto marca passo.
Até ele, o tal António Garrido, antes de arbitrar, se dava a essas veleidades.
O advogado de Valentim Loureiro, ufano. anuiu e, num lance desembaraçado, esperto e criativo, pediu desculpas ( pois, pois!!!) a António Garrido por, há três décadas, lhe ter dirigido nomes feios, porcos e maus.
Hoje, nada é como ontem, mas se calhar ontem, era o mesmo que hoje.

Nos registos videográficos, passam as imagens de um encontro e magistrados, testemunhas e advogados concentrados nos lances, qual "Trio de Ataque" pronto a dissecar a mão na bola ou bola na mão.

Veio a talhe de foice um penálty que alguém em tempo contestou, uma bola ( qual naco de prazer gustativo e apaladado) de carne para a arbitragem e mais ...... ouro .....mais ouro, ....presentes de quilate, e assim, em pleno terreiro de confissões, retratações, vozes pensadas e alongadas no seu silêncio de verdade, se alota justiça ao slogan do concelho:- Gondomar, Coração de Ouro. E de gente (futebolisticamente falando) purpura de cores brancas e reluzentes, acrescento eu.
E assim, se constrói um desporto sério e sádio. Dizem eles, os adstringentes "da verdade".
Vigaristas, digo eu, que no que respeita ao futebol, começo a ser um herege assumido.

sexta-feira, 14 de março de 2008


Hoje, apetecia-me voar
Ir nas suas asas, pelo ar
Como se de um sonho, acordasse
Esquecer-me das minhas mágoas
Tomando banho em puras águas
Como se a sua graça me levasse

Olhas do alto, com respeito
Como se saísse do teu peito
O carinho, admiração
Nunca esquecendo que pelo chão
Em passo ronceiro caminha o dragão
Seguro da sua possança
Segue pleno no seu cônseio
Que aos terrenos não dá confiança
Deixando o Leão de premeio
Zangado de tanta indiferença

Mas consciente de apetência
Não liga, desvia o olhar
Sabendo que o seu forcejar
Jamais o fará alcançar
Aquela que lá do alto
O põe em sobressalto
E nele fixa o olhar

Se o dragão em terra segue inflado
Se o leão o olha cheio de intrepidez
A águia pelos ares elegante e graciosa
Os olha, uma e outra vez
Dizendo-lhe toda orgulhosa
Que é única, em beleza e altivez

* Sinto no olhar o brilho da luz

Que vem dos tempos de outrora

Em vermelho clarificada em ponto cruz

Que mata a minha sede de glória


* E logo eu a lembrar como voas águia rainha

Fazendo do teu voo beleza e lealdade

Ficando eu então nesta vontade minha

Sorrindo brilhos unos de felicidade


* Entre rumor de aves onde o sol mais apagado

Indo eu, pobre, no caminho que seguia

Esquecendo as minhas mágoas do passado

Feliz por contemplar a ave que na vida me guia


* E surgindo na minha alma um fogo ardente

Senti a felicidade sobreposta à mágoa

Vi nascer das folhas um fogo incandescente

Feito luz na graça de uma águia


* Basta que “ouça” o seu voar

Quando a olho em sobressalto

Reparando noutros animais e no seu olhar

Invejosos de ver a águia voar tão alto

Afastem de mim os Abutres


Caros amigos benfiquistas

Assistimos diariamente a uma vil, indigente e cruel diagnóstico negativista por parte da nossa imprensa e outros meios de transmissão de venenosa opinião pública.
Os jornais desportivos e outros, a soldo das marionetas azuis e brancas, fazem tudo para denegrir a imagem do Benfica, ao contrário daquilo que fazem, em relação aos impuros e desditosos, por corruptos, a soldo de sua santidade “ O Papa”.
Os jornais e a televisão, têm batido forte e feio na nau benfiquista, entrando no diagnóstico peçonhento de que o Benfica bateu no fundo. A equipa está destroçada. Os jogadores não têm qualidade. O cenário é catastrófico. Jorge Baptista humilhou publicamente Edcarlos e Makukula. Rui Santos anunciou o apocalipse na Luz.
Advinha-se morte do clube como se, o Benfica fosse como o vento que passa e não volta.
Os jornais, precisam de vender. Sabem que o Benfica vende.
Sabendo que o Benfica vive alguns momentos de maior fragilidade competitiva, vá de fazer “sangue”, apresentando a causa benfiquista num cenário de uma crise de proporções bíblicas, espicaçar o inerte adepto, subir as audiências e leituras, aumentando a tiragem dos periódicos.
Vamos por partes e separemos as águas.

- O Benfica está no 2.º lugar da Bwin Liga
- Tem boas hipóteses de entrar directamente na Champions league, o que não sucede à três anos
- Estamos nas meias-finais da taça de Portugal, com todas as condições em aberto para a poder ganhar. Tal não acontecia desde os tempos de Trapatoni
- O Benfica vai terminar a época entre os vinte primeiros do Ranking da UEFA.
- Está longe da elite, visto este ano estar aquém do brilhantismo de outras épocas, mas continua a ocupar um lugar de relevo no panorama europeu
- Temos no plantel um campeão europeu, oito internacionais portugueses e brasileiros, além de promessas indiscutíveis como Di Maria, David Luiz, Rodríguez ou Cardozo, de quem muito os benfiquistas esperam.

Em termos directivos, vive o Benfica um momento algo periclitante. Luís Filipe Vieira, parece sentir no seu projecto, algum sinal de desgaste, próprio da falta de mais vitórias, o que não estará alheio, os pontos perdidos na Luz, esta época.
A saída ainda não muito bem explicada de Fernando Santos, a entrada sebastianista de Camacho, a sua estada frustrante e cansada, a eliminação da taça Uefa perante o modesto Getafe, que a todos os benfiquistas, desgostou, parece ser um manancial, qual carne putrefacta, de que os abutres se alimentam.
Tudo isto, são de facto maus cenários, que no entanto, nada tem a ver com a catástrofe descrita ao longo dos últimos dias, por pessoas com memória curta e propensão para a histeria.
Sabemos que os nossos jogadores por esta ou aquela razão, neste momento não nos merecem grandes panegíricos, mas também não merecem ser tratados como se asnos se tratassem

Sejamos fortes para aguentar tanta desinformação e maldade.

Sejamos, simplesmente benfiquistas e dizer-lhes: Nós somos o Benfica. Vós sois os urubus que se alimentam da ignomínia.


Afastem de mim os abutres.

A arte de ser, ou sentir o obscuro.




O futebol, nos últimos tempos, sofreu uma revolução, em que o flatulento mor, saiu vencedor.
Mentor da maior vigarice desportiva em Portugal, Bimbo da Bosta, reduziu quase à insignificância todos os clubes seus concorrentes, sendo o Benfica, o maior exemplo de tamanha obra falaz.
O processo Apito Doirado como já se escreveu vai arrastar-se, arrastar-se, arrastar-se, até á prescrição final.
Bimbo da Bosta, homem da Noite, conhecedor dos meandros obscuros, fez-se rodear de bandidos das ribeira, Super Dragays, e outros podres, fazendo da promiscuidade bandeira, quando elegeu a visita papal, a “escritora” Carolina Salgado.
Ontem amada e venerada, pelos serviçais do flatulento, hoje, odiada pelos mesmos, em virtude de, por após, passados que foram “suores quentes de lençóis”, trazer ao conhecimento público, tramóias congeminadas pelo seu anterior “dono e patrão” e seus beija pés, Valentim Loureiro, Sousas e outros Capangas.
Numa coisa porém, eu ainda hesito.
Ondulo em artes que em mim próprio sentencio, na visão do corpo da “escritora”, qual realejo, onde colocaria os meus dedos, havidos de música.
Jogar futebol num campo destes, imagino-me despido de fatos arbitrais e qual mensageiro de transporte de envelopes, cafés e chocolates, antevejo-me a cair também nos anélitos da desonestidade.
Calcorreando sentidos, apetece-me dizer:
Quero lá saber de corrupção ou campos conspurcados de carcoma, se porventura eu poder jogar em tão distinto “relvado”.

Estarei louco?

quinta-feira, 13 de março de 2008

Respirar de novo.....

Caros Benfiquistas, corruptos e quintos classificados.

Ultimamente a falta de motivação tem sido o ataque constante dos abutres para com a nossa equipa. Pois bem, a meu ver o Benfica necessita de um homem que imponha RESPEITO e CONFIANÇA nos jogadores. Penso que a solução ..... é o homem da foto......

A maçonaria já avança com diversos nomes para o comando da nossa equipa. Pasmo me quando vejo o nome de Carlos Carvalhal pois quando abre a boca para falar do nosso Benfica só saí barbaridades. Mas, como sabemos a maçonaria tem que sobreviver e só o consegue através da nossa instituição Sport Lisboa e Benfica. Enfim, somos nós a dar de comer a muita gente ....

Tal como o blog do Antitripa já adiantou várias vezes, é nesta altura que os benfiquistas não deviam de gastar a "bufunfa" nos jornais desportivos. Outro respeito iriam ter para com o nosso clube pois a " mama para encher o bandulho" acabaria.

Um dos nomes que surgem na maçonaria, mas que contudo é credível é o de Alberto Malesani, o Homem da foto.
Rui Costa é amigo pessoal e profundo admirador das qualidades de Malesani, treinador italiano de 53 anos que nascem em Verona. Actualmente, treina o Empoli.

Carreira deste treinador:

  • 1990-1991- Chievo Verona
  • 1991-1993- Chievo Verona
  • 1993-1997-Chievo Verona
  • 1997-1998-Fiorentona
  • 1998-2001-Parma
  • 2001-2003-Verona
  • 2003-2004-Modena
  • 2005-2006. Panathinaikos FC
  • 2007-Udinese
  • 2007-Empoli

Como vemos, já passou por alguns clubes importantes, Malesani é um treinador com grandes aspirações dotado de diversas qualidades onde se destaca o empenho, o profissionalismo, o virtuosismo e a dignidade.

É a minha opção número 1 para treinar o Benfica.

Até breve.....


Nuances do Apito Doirado




No seguimento do Processo Apito Doirado, foi ontem ouvida por um Juiz, no Tribunal de Gondomar, Carolina Salgado, onde se apresentou acompanhada de dois seguranças

Para melhor compreensão deve visitar-se o linck que indico a seguir:
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=84797

Carolina, a "escritora", declarou não ter dúvidas de que Pinto da Costa indicava árbitros, em prol e favor não só Porto, como dos seus apaniguados, com uma única direcção: Levantar o Porto e prejudicar o Benfica.

Revelou frases como:

- Estes gajos estão-se a portar mal
- Estavam a referir-se a árbitros, agora quais não poso precisar
- Dar prendinhas ao gajo
Outras foram referidas com a mesma ressonância.

Carolina Salgado, no inicio da instância afirmou ser «escritora» (tsc, tsc, tsc,) quando o juiz António Carneiro da Silva lhe perguntou qual era a sua profissão, contou que os encontros ocorreram em «estádios, no restaurante do major junto ao hotel Tivoli, no Porto [Degrau Chã], e noutro restaurante», o Graça da Vila em Vila Nova de Gaia.

Ao início da manhã, Pedro Alhinho, advogado de Castro Neves, pediu que não se admitisse «por falta de idoneidade testemunho de Carolina Salgado». Tudo será válido desde que seja para limpar a porcaria feita por Pinto da Costa. Como se as escutas e as visitas de árbitros á sua residência, fossem meras invenções.

Assim se vai “conversando e desconversando” sobre a maior fraude a nivel desportivo ocorrido em Portugal.
O “Polvo” está bem "guardado" e dificilmente será apanhado por muitos que sejam os anzóis que lhe atirem. É a podridão do sistema que permite a corruptos, feitos agricultores de pomares de "fruta podre", continuarem à solta
A noticia, inserta no lornal Sol, é de ler. Só assim se poderá aquilatar das vergonhas e das mentiras que levaram a “queimar” no plano desportivo o Benfica.
São os MONTROS que, nem que seja, pela história, acabarão soterrados na lama porca e suja que eles próprios se cercaram.
.

Neste momento dificil, sejamos ENORMES

Amigos benfiquistas

Neste momento dificil que a nossa equipa atravessa, devemos dar as mãos e conjuntamente sermos GRANDES.
Quem nos queira destruir já temos os corruptos e flatulentos do clube do "Polvo".
Não é o primeiro momento dificil que atravessamos. Saibamos ser diferentes, saibamos ser melhores, saibamos ser benfiquistas.
Luis Filipe Vieira, não é, como todos o sabemos, um catedrático na linguagem, mas tem de ser, enquanto nosso presidente, um homem a apoiar, ainda que não de forma cega, mas sim na forma construtiva.
A nossa equipa está de facto a atravessar um momento que nos perturba, que nos enerva, que nos desgosta.
Mas o nosso Benfica, precisa de nós. Nos momentos bons, todos são grandes. É nos momentos menos bons, que temos de ser grandes.
Efectivamente, nós benfiquistas, queremos sempre o melhor. Por vezes é dificil. Não queremos que a equipa se desuna e entre em derrapagem emocional, singular e colectiva, que nos poderá trazer dissabores e, nem o 2.º lugar, consigamos alcançar. Temos ainda a Taça de Portugal para ganhar. Essa será nossa. Acreditemos.
Vamos ser benfiquistas de alma e coração. Vamos aopoiar os nossos jogadores como se fossem os melhores do mundo, que sabemos que não são.
No final da época, como tudo indica, Rui Costa irá fazer uma revolução concertada, adulta, amadurecida e ponderada, sobre o plantel, e vamos acreditar que o fará da melhor maneira, com ambição que a todos nós nos orgulará.
Luis Filipe Vieira é o nosso presidente. Tem virtudes e defeitos. Vamos apoiar as sua virtudes, como a estabilização a nivel financeiro do nosso glorioso, construção do nosso maravilhoso Estádio, o Centro de Estágio, marketing, entre outras nuances de elogiar e que a outros clubes faz inveja, pois por muito que ganhem, andam a treinar em centros oferecidos por outrém.
Tem defeitos, logicamente. Vamos esperar pelo final da época e aí sim, saberemos apontá-los.
Agora não. O Benfica precisa neste momento do nosso carinho e apoio como há muito não precisa.
Vamos dar-lho. Vamos apoiar a nossa equipa no próximo jogo na Luz.
Lembrem-se da frase:

Aceitam-se criticas de quem faça melhor, não de quem saiba muito

Amigos benfiquistas.

vejam estes videos e como eu sintam o orgulho invadir o peito e dar alegria aos vossos corações

http://www.youtube.com/watch?v=BIN2cZ5P-MU

http://www.youtube.com/watch?v=xB4HqIU2Cvc

Um abraço.

.

quarta-feira, 12 de março de 2008

AMAREI SEMPRE O BENFICA

Não é fácil para mim, que me auto convenci que o Benfica eliminava o Getafe, falar das incidências deste jogo.
Assalta-me um sentimento de uma certa frustração, desânimo, quiçá tristeza.
O Benfica precisava de ganhar o jogo.
Entrou lento, pautando o seu futebol em duas velocidades: Devagar e devagarinho.
O jogo lento favoreceu o Getafe, visto que se encontrava em vantagem na eliminatória.
A verdade é que o Benfica jogou mal. Sem ambição, desgarrada, apresentando uma exibição iníqua.
Quando aos cinco minutos, quase por acaso, Makukula atirou ao poste, ainda pensei que, o Benfica se galvanizava e partia para cima do Getafe, na procura da vitória. Puro engano.

Com a entrada de Di Maria para o lugar do Maxi Pereira e sobretudo depois da entrada de Mantorras para o lugar do Nuno Gomes, o Benfica melhorou um pouco mas, só…simplesmente um pouco
O Getafe jogou com quase uma 2.ª equipa, olhando aos muitos lesionados e castigados que assolaram a equipa.
Jogou com inteligência, a qual, foi premiada com um golo, de bonita execução, reconheça-se, o que praticamente acabou com as esperanças do Benfica.
O Benfica também não jogou com o Óscar Cardoso; Luisão e David Luiz. Faltou também a juventude e alegria do Fred Adu. Não serve de desculpa nem de consolação, é apenas um desabafo ou se quiserem uma constatação de um facto.
O certo é que o Benfica, perdeu uma grande oportunidade de eliminar o Getafe.
Sinceramente quando aos 32 minutos da 2.ª parte o Getafe marcou, não fiquei admirado. Adivinha-se que num contra-ataque tal viesse a acontecer.
Poder-se-á dizer que, se Makukula tem marcado a história do jogo poderia ser outra. Pois, se, se, se…
No conjunto das duas mãos verifica-se que o Getafe não foi uma equipa superior ao Benfica. O glorioso, poder-se-á queixar de alguma infelicidade, tais como a expulsão na Luz, do Óscar Cardoso, logo aos oito minutos da 1.ª parte, a forma inacreditável com que EdCarlos falhou um golo nesse jogo, e ainda esta, hoje, do Makukula.
Os dois homens mais adiantados do Benfica, Nuno Gomes e Makukula, jogaram muito escondidos, em particular Makukula, deixando-se praticamente anular pela defesa espanhola.
Ambos os jogadores, bem como Petit, poderão “acusar” em sua defesa terem regressado de lesões, o que decerto lhes tirou frescura física, velocidade de desmarcação, bem como, poder de choque, faculdades tão necessárias e indespensáveis, para este jogo.
Enfim. O Benfica de quem, se esperava uma grande exibição, não a conseguiu, talvez derivado a questões internas que, espero, sejam ultrapassadas no sentido de, se voltar já contra o Marítimo, às vitórias, pois é muito importante para o Benfica a conquista do 2.º lugar na liga, falhado que, está o primeiro objectivo que era o l.º .
Acabou o Benfica a sua prestação na taça Uefa, sentindo-se um sabor acidulado na boca e um sentimento de que o Benfica podia e deveria ter feito muito melhor.

As circunstâncias determinaram assim. Saibamos ser benfiquistas e no próximo jogo na Luz, comparecer e dedicar uma salva de palmas aos nossos jogadores, pois decerto, eles como nós, estão muito tristes.

..

A VERGONHA DO APITO DOIRADO

Já muito se escreveu sobre o mega processo Apito Doirado.

Muito ainda se escreverá sobre uma das maiores fraudes desportivas ocorridas em Portugal.
Sem paralelo a nível Europeu no que concerne à impunidade dos seus autores, os quais, se pavoneiam em indelével tempo, como se, heróis de banda desenhada se tratasse.

Quem não se recorda da fuga de Pinto da Costa para Espanha, acompanhada pela sua então mais que tudo, Carolina Salgado, inigualável escritora - visita papal - depois de um amigo ( corrupto activo) o ter avisado de que iria ser preso ao abrigo do infindável Processo.
Quem não se recorda da preparada (para tv) e hollywoodesca apresentação de Pinto da Costa, em Tribunal, a fim de ser ouvido, seguido, guardado e escoltado, por uma corja de indefectíveis comparsas, chefiados pelo santinho e impoluto Bruno Pidá, membro da claque supermafiososdragões.

Claro que o Processo ainda está longe!!!!!! Muito longe de estar concluído.
O seu desfecho ainda que não julgado ou passado em julgado, todos o sabemos. ( Ou julgamos saber)
Em Itália ou em França, há muito tempo que o sol aos quadradinhos teria as profundezas da água suja e turva, onde por norma nadam e se escondem os “polvos”.

Outra das vergonhas “prende-se” com o paradeiro de António Pimenta Machado
Desconhecido para o Tribunal de Gondomar e até, imagine-se, para as autoridades policiais, com especial relevo, para a PSP de Guimarães.
Nem por carta nem pessoalmente foi possível notificar a “figura” a fim de prestar declarações na audiência de ontem do processo em referência.
Segundo consta reside algures na cidade de Lisboa.

Pimenta Machado, foi há dias condenado pelo Tribunal de Guimarães a pena suspensa de quatro anos e três meses de prisão, por crimes de peculato e falsificação de documento, e será através desse processo que os serviços do Tribunal de Gondomar vão tentar contactar o depoente. Sobre uma conversa que terá tido com Rui Mendes, árbitro denunciante do processo, será Pimenta Machado ouvido, em data a marcar, mediante o relato de uma reunião, na Câmara de Gondomar, com Valentim Loureiro e José Luís Oliveira.
Todos gente séria e honesta, pifffffffffffffffffffffffffff.
Perante a ausência de sua Exª, que era somente a testemunha mais aguardada do dia, o tema futebol foi abordado unicamente pelos árbitros assistentes Joaquim Alexandre Freitas e Rui Fernandes.
Joaquim Alexandre Freitas fez parte da equipa de Rui Mendes e reconheceu ter recebido, em algum jogo, objectos "em ouro ou de aparência dourada", em sinal de recordação, comparando-os com "queijo e vinhos oferecidos por outros clubes". Tudo coisas banais, sem importância, piffffffffffffffffffffffffffffffff.

E assim se vai atrasando de forma irremediável o Processo Apito Doirado, o qual, esbarrará sempre na força do "Polvo" que com os seus tentáculos amarrou juizes e outras entidades que se queriam e querem isentas e justas.
Quem hoje queira sair, se é que o querem, aparecerá sempre alguém, feito Pidá, Macaco, ou insecto voador, que lhes ensinará as regras da boa convivência.
Que o diga Ricardo Bexiga, que ao pretender ficar bem na fotografia, mostrou ao mundo as caricias de algum punho, qual silicone, que lhe disfarçou e enfeitou, o rosto.

O Apito Doirado jamais terminará, a não ser, na prescrição.

Será a VERGONHA, a MANCHA, que levou um clube do Norte a formar a equipa que tiveram, têm, e porventura terão. O CRIME compensou e compensa.

O objectivo foi alcançado. Atirou-se o Benfica para as ruas da amargura, no que concerne aos resultados desportivos, porque na HONRA, VERDADE e GLÓRIA, nunca haverá Apito Doirado, Polvo, Macaco, ou porcaria nenhuma, que lhe tire esse epíteto
Os títulos, do clube da VERGONHA, sediado na invicta cidade do Porto, brilharão na capa da falsidade, corrupção e mentira, com que foram conquistados.
Isso, nenhum Juiz do Norte, que por muito que arquivem processos contra os implicados no Processo em questão, ou que os tentem arquivar, conseguirá afastar na inesgotável sabedoria do POVO HONRADO.

Alma benfiquista

Hoje, pelas 20H00, nos arredores de madrid, mais concretamente na cidade de Getafe, estará perante os nossos olhos e aos os olhos do Mundo, o maior clube do Universo, em força, carinho e amor.
Espera a alma benfiquista, um Benfica das grandes jornadas europeias para que, sabendo sofrer, possa lutar a fim de ser capaz de dar a reviravolta na eliminatória.
Precisamos de uma equipa ambiciosa, com alma conquistadora, lutadora, com espírito de triunfo.
Garra e ambição formará o contubérnio da vitória. Por vezes utilizamos a analogia dos velhos tempos, sempre saudosos e apelamos a que voltem a ser ou fazer parte da nossa conquista. Assim seja.
Os fracassos têm e podem ser originados pelos atropelos e consequenciais do próprio jogo, mas jamais poderão ser mentais.
O Benfica, precisa de marcar, no mínimo, dois golos e não sofrer nenhum. Se sofrer, saibamos ser ENORMES e marcar três. A águia é indomável, o seu voo inigualável, a sua graça indestrutível.
Enfrentará o Glorioso, um ambiente hostil , e um adversário de qualidade, apoiado por dez mil adeptos fanáticos que decerto não se cansarão de apoiar a sua equipa. Temos categoria para os silenciar.
O Getafe aperfeiçoou-se a trucidar lideranças adversárias. Camacho (Benfica), Vercauteren (Anderlecht), Serra Ferrer (AEK), Martin Jol (Tottenham) e Guy Luzon (Hapoel) foram despedidos depois dos resultados negativos frente aos "azules".
Fernando Chalana, substituto do Camacho, não quererá ser a próxima vítima. Nem poderá ser.
Para mim, Fernando Chalana, é neste momento o melhor treinador do mundo.
Na frente dos destinos do Benfica, garante que os jogadores do ENORME, estão motivados e desejosos de repetirem uma noite à antiga. "Os jogadores estão mentalizados para ganhar e para fazer um grande jogo. Falei com eles e senti que se encontram com muita garra e vontade de vencer", destacou o técnico, momentos antes da sessão de adaptação ao relvado do Coliseu Alfonso Perez.
Tudo indica que, Di María será sacrificado. Petit, Maxi Pereira, Rui Costa e Cristian Rodriguez formarão a linha do meio campo, na qual o "pitbull" e "Maxi" vão desempenhar tarefas predominantemente defensivas.

Nuno Gomes estará no apoio directo a Makukula. Quim na baliza. Léo, Edcarlos, Katsouranis e Nelson, formarão o sector defensivo.
Esperam-se onze águias que formação a investida inicial, cujos reforços estarão na linha da frente, para o que der e vier.

Eu acredito numa grande noite europeia. Eu acredito no Benfica. Eu acredito na CHAMA IMENSA.

Mas mesmo que não ganhemos, que saibamos sair de cabeça erguida, cientes de que tudo foi feito para que o sucesso seja a vertente do nosso sofrimento e AMOR ao BENFICA.

Força BENFICA. Estamos convosco

domingo, 9 de março de 2008

E depois do Camacho?


Caros Benfiquistas, corruptos e "os afunda cada vez mais".....

É claro, é claro como a água , a paciência de Camacho acabou. Temos que todos dar a mão a palmatória e ADMITIR que está época foi muito mal preparada. As contratações do Bergessio , Andrés Diaz, Edcarlos, Luis Filipe, Butt foram desnecessárias não acrescentaram nada ao clube.

Eu concordo plenamente com o Camacho, os jogadores andam desmotivados e meus amigos, também não é só motivação mas também falta de jeito de alguns jogadores que acima referi. Peço desculpa a eles mas para envergarem a camisola do Benfica não podem ser um simples jogador!

Deixo agora as palavras de Camacho no momento da renuncia do cargo do treinador: " «Acho que é o melhor para a equipa. A motivação que encontro nos jogadores, para mim, não é normal. Não estou motivado. Temos sete empates e uma derrota em casa. Falei com o presidente e disse que a actual situação talvez não mudasse para melhor. O Benfica necessita de algo mais. Estranho a reacção dos jogadores, espero que rendam mais com outro treinador".

OBRIGADO Camacho, felicidades e agradeço a sua sinceridade, profissionalismo e honestidade que nos dias que correm " vou ali e já venho".....

E agora?

Espero que o Sport Lisboa e Benfica encontre um treinador com alma de campeão, honesto e trabalhor. Deixo aqui 4 nomes:
  1. Paul Le Guen
  2. Mourinho ( sei que doí a muitos mas.......)
  3. Humberto Coelho
  4. Marcelo Lippi

E vocês quem gostariam de ver a treinar o nosso club?

Um abraço...........

quinta-feira, 6 de março de 2008

Corruptos FC

Hoje um post dedicado aos nossos comediantes ...... os porquistas......
Depois de uma noite noite em que os melões cresceram como nunca antes visto ( record do guiness finalmenteeeee para os azuisssss) fiquem com um pouco de humor..... hehehehe...

  • O Futebol Clube do Porto é o clube desportivo (despresivel) português mais recreativo da cidade do Porto e um dos mais relevantes no panorama da desportiva europeia e mundial. Famoso sobretudo pelos (e não só), a sua equipa de futebol principal encontra-se entre as mais beneficiadas pela corrupção da APAF. O FCP tem uma faceta de clube eclético, no qual se continua a praticar Halterofilismo, pólo aquático, prostituição desportiva e bale oriental clássico, Lançamento de giz, Equilibrações de copos, yoga trasversal. A prostituição desportiva assume também um carácter de formação profissional onde se formam diariamente escritoras de muita qualidade, como o caso de Carolina .
  • História:
    FC Porto foi fundado no dia 28 de Setembro de 1893 por António Nicolau d'Almeida, um triste alcoólico com insónias e perturbações mentais. A infeliz criação deste clube foi notícia nas tabernas da época. Em meados dos anos trinta o FC Porto conhecia uma dimensão tal que o Campo da Constituição já parecia pequeno demais - começaram então os planos para a construção de um novo estádio. Como este demoraria década e meia a surgir, começou o FC Porto a entrar nos mundos do tráfico de droga e a formar aquela que seria a primeira Máfia portuguesa. Com estes negócios obscuros, rapidamente se arranjou dinheiro para construir a pocilga das Antas.
  • Os "corruptos" anos 90
    Os anos 90 foram de sucesso, sobretudo para a equipa de futebol logicamente fora da esfera futebolística, que foi campeã oito vezes, títulos ganhos graças à arte da corrupção desportiva do mafioso Pinto da Costa, cinco delas consecutivas o histórico Penta, nunca antes tantos árbitros tinham beneficiado uma equipa de futebol profissional. Pinto da Costa abusava e deixava-se abusar sexualmente em trocas de favores arbitrários tais como: pênaltis e expulsões duvidosas, Pinto da Costa mantém até hoje relações profundas com a máfia russa com a rede Al- Qaeda
  • Honras / Galardões:
    Instituição de Prostituição Pública
    Medalha de Ouro de Mérito na Corrupção Desportiva
    Medalha de Ouro na Categoria de Adeptos Mais Saloios
    Membro Honorário da Ordem de Mafiosos Europeus
    Grande Colar de Honra ao Mérito da Formação de Prostitutas
    Escritoras:
    Membro Honorário da Ordem de Corruptos

  • Os adeptos
    São incrívelmente menos capazes e inteligentes que a maioria dos seres humanos. O Quociente de Inteligência de cada portista é inferior ao de uma ameba, de tal forma que continuam a adorar o seu presidente e a desculpá-lo de toda a corrupção de que é acusado. Para eles é pura inveja e perseguição do Sul (a leitura de Sul é todo o local que fica na margem sul ao rio Douro, "aka" marrocos) ao Norte.
    São perigosos e violentos. São incapazes de qualquer tipo de relação institucional com os adeptos do Benfica e Sporting. Nunca torcem para o Porto vencer, mas apenas para o Sporting, Benfica e selecção Portuguesa perderem.

Logo a noite temos o nosso Benfica , pois bem carissimos atletas façam o favor de soar bem as camisolas , garra e confiança. A vitória é para o CAMACHO

Abraço a todos....

quarta-feira, 5 de março de 2008

Força Camacho



Benfiquistas, corruptos e quintos classificados um bem haja a todos vós.

O primeiro post deste blog, post este marcado por um acontecimento triste para a família benfiquista : a morte do pai do nosso ilustríssimo treinador Camacho.
Fico triste quando ao longo das ultimas semanas , muitos foram aqueles que mal disseram do nosso treinador, da sua postura em campo para com os jogadores, também poderá meus amigos com o Pai a morrer quem estaria com cabeça para jogos de futebol etc...etc......

FORÇA Camacho muitas alegrias ainda vais dar a todos nós...

Neste momento decorre o FCP e o " shalka " enumeros já foram os pré orgasmos LOL vindos das bancadas com os aiiiiiiii quaseeeee....... é uma peninha ...... vejam la se têm o Halibut á mão quando chegarem a casa para empastar o cuzinho e cuidado com os melões...perdão... com as cabeças...

Pois é, e se a justiça for feita meus amigos ...... é melhor começar a enviar caixotes e caixotes de Halibut para o dragão pois consta -se que ainda esta semana o FCP vai perder 12 pontinhos............. Ou serão 24???
O tal puto maravilha é mesmo malandro " rais parta o moço" ..... quando for ao Brasil da próxima vez é bem capaz de vir com a reforma.....ou já nem volta..... estas bem onde estás bandido....

Até Breve....